Conheça os principais riscos e como evitá-los

Segundo a Organização Mundial da Saúde, as doenças do coração ainda são as que mais matam no mundo. Somente no Brasil, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, está é a principal causa de óbito entre a população, afetando cerca de 30% dos brasileiros. Estes dados evidenciam a necessidade de conscientização e cuidados cada vez mais necessários para evitar o avanço desses males. Então, quais medidas são fundamentais e responsáveis por fazer a diferença nesse quesito?

O clínico médico, especializado em cardiologia, Gilmar Reis, explica que a sociedade como um todo ainda possui muitos hábitos prejudiciais e isso precisa ser alterado. “Além disso, a má alimentação e o sedentarismo constante em boa parte da população auxilia nos índices elevados. Portanto, a mudança deve começar desde os níveis mais baixos até chegar ao mais alto”, completou.

Ou seja, para o especialista é necessário conscientizar tanto a população quanto a indústria em geral. “Começar a entender a importância de diminuir gorduras, sódio, entre outras substâncias ruins é importante entre todos”.

Cardiologista

Reis também alerta sobre a importância de buscar um médico regularmente. “Muitas doenças podem ser silenciosas. Ou, em muitos casos, os pacientes não se atentam aos sintomas. Por isso, visitar um especialista com frequência pode evitar diversos danos, inclusive o óbito”, garantiu.

Fonte: Gilmar Reis, clínico médico, especializado em cardiologia, pesquisador e coordenador do curso de medicina da PUC-MINAS campus Contagem.

About The Author

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.

comentários